sexta-feira, 1 de maio de 2015

Jodhpur, Índia

Experimentei… e quero repetir!
Faz agora aproximadamente um ano que, por motivos profissionais, fui pela primeira vez à Índia! Uma viagem muito longa, com escalas em Bruxelas e Mumbai, que teve como principal destino Jodhpur, a cidade Azul da Índia (http://greensavers.sapo.pt/2015/04/14/jodhpur-a-cidade-azul-da-india-com-fotos/).
Adoro viajar e quando o faço para outros continentes percebo que existem muitos mundos dentro do mesmo mundo.
As pessoas, as comidas e os cheiros despertam em nós muitas emoções. E na Índia encontramos tudo isto…
Encontrei muitos sorrisos, muita cor e muito respeito pelos animais. Os indianos de Jodhpur adoram os estrangeiros e ficam fascinados com uma máquina fotográfica J Sentia-me como um palhacinho para o qual todos olhavam. Como não é uma cidade muito turística era impossível eu conseguir passar despercebida. Olhavam, apontavam, pediam-me para lhes tirar fotografias. Cheguei a ficar rodeada por cerca de 20 crianças que sorriam e tentavam falar inglês comigo… Foi muito engraçado!!
Naquela região a população é maioritariamente vegetariana e comem com a ajuda de um pão tipicamente indiano, roomali roti. Se nos primeiros dias achei piada a todos aqueles sabores a verdade é que passado alguns dias já sonhava com a carne assada da minha mãe!!
Aqui vai uma imagem de um dos meus almoços na cantina da Universidade de Jodhpur (sim, a mim arranjaram-me uma colher).


Para além da comida tive também alguma dificuldade em conviver com aquele calor húmido. Estavam 40 graus durante o dia e 30 à noite… A sensação de que precisava de tomar um banho era constante. Havia muito lixo e animais na rua… Lá as vacas são realmente sagradas! Estão por todo o lado. Há também bastante lixo. As poucas casas em que entrei estavam bastante limpas, mas parecia-me não existir um sistema de saneamento ou de recolha de lixo (pelo menos não como o nosso) e por isso este acumulava-se nas ruas.

E o transito… Bem, esse era completamente caótico! Andei sempre de táxi (tínhamos um só para nós 24h por dia… era uma espécie de motorista) mas pensei que ia perder a vida por milhares de vezes. Tudo era permitido naquelas estradas… Fui-me habituando… E sobrevivi!
Quanto aos preços, pode-se dizer que para nós as coisas são ridiculamente baratas! O problema é que tenho cara de ocidental… e em alguns sítios os preços eram muito inflacionados! Não passavam a ser caros, mas não gosto de pagar mais só porque tenho cara de turista!
Mas a Índia é um país de contraste onde há muitos muito pobre e alguns muito ricos. Vi crianças a viver da mendigagem, na miséria e visitei palácios. Nem sempre é fácil conviver com essa realidade
Tive a oportunidade de visitar uma antiga fortaleza que protegia a cidade e também o palácio do Marajá. Deste último só visitei parte já que, apesar de ter perdido todos os poderes políticos, o Marajá manteve todo os seu património e portanto os palácios continuam propriedade sua e privada.

Bem, aqui ficam algumas fotos que tirei por lá… Espero voltar.













6 comentários:

  1. Já não via estas fotos há algum tempo! Também gostava de visitar a Índia!! Talvez um dia :)

    ResponderExcluir
  2. Ana, a propósito do Nepal, no meu outro blogue coloquei também uma ou duas fotos da Índia. Espreita!
    www.outrascoisasdat.blogspot.com
    A Índia encantou-me de tal maneira que ainda hoje, se vejo imagens na TV lembro-me dos cheiros... uns :( ... outros bons :) ... a jasmim e outras flores exóticas.
    Nesses 15 dias andámos de comboio (caótico... mas com honras de turistas privilegiados e tratados com toda a delicadeza), andámos de táxi (assustador como descreves!), de triciclo coberto, fizemos uns 6 voos internos e um até Kathmandu, cidade que também me encantou e hoje me faz chorar!
    Descreves muito bem tudo o que eu, para contar e mostrar, precisaria de horas e muitas páginas.
    Quando fui, em 1998, não tinha máquina digital, por isso as fotos que mostrei foram fotografadas das de rolo, tendo ficado pouco nítidas. Da Índia tenho o mais largo álbum de fotos que folheio muitas vezes para me embrenhar na magia dum paraíso exótico, rico para muitos... e tão pobre para outros.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Teresinha.. Obrigada pelo comentário. Realmente estas viagens marcam-nos para toda a vida. Infelizmente fui a trabalho e não tive oportunidade de conhecer outras cidades (apenas um pouco de Mumbai), mas acho que deu para conhecer um pouco desta cultura. Quanto às fotos.. bem... tenho imensas!! Beijinhos e parabéns pelo seu blog (que estive agora a espreitar)

      Excluir
  3. Quem me dera lá ir!

    Isabel Sá
    https://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  4. Um dia...também vou conhecer!
    Belíssimos momentos!
    Um fim de semana bem gostoso!

    ResponderExcluir