quinta-feira, 30 de abril de 2015

Higiene do sono

Experimentei e... 

Tenho tido noites mais tranquilas!

Sempre tive dificuldades em adormecer, acordava com o mínimo de barulho e frequentemente levantava-me a meio da noite para ir à casa de banho...



Desde que há 2 anos atrás tive que estudar para um exame durante 5 meses, sem fazer mais nada da vida e conseguir ter energia para acordar todos os dias, tive de educar o meu sono!

Para isso tive de corrigir os meus principais erros!

Foi nesta altura que comecei a praticar exercício físico, nomeadamente correr, porque sabia que me fazia bem. Ao fazer exercício físico ficava cansada e na hora de dormir adormecia muito mais depressa...
 Aprendi a gostar de correr, tal como já tinha dito no post do 25 de abril.
Hoje em dia corro porque gosto, porque me faz bem física e psicologicamente!! Para mim, não há melhor calmante!!!

Toda a vida bebi quase 1L de leite por dia (1 chávena de manhã + tarde + antes de dormir). 
Sei que até bebia leite demais, mas eu gostava (e gosto!), pelo que nunca consegui reduzir às doses...
Contudo, desde que deixei de beber o leite antes de dormir reparei que o meu sono é mais pesado e reparador ao longo de toda a noite, com um menor número de despertares...


Sei que devia deixar de utilizar o computador antes de dormir, mas esse erro admito que ainda não consegui corrigir!
Para compensar, guardo uns minutinhos para ler pelo menos uma folha de um livro antes de dormir (às vezes acaba por ser mais, se estiver numa parte interessante do livro!)
Neste momento, estou a ler:

E estou gostar! De José Saramago já li Memorial do Convento e Ensaio sobre a cegueira.
Gostei muito de ambos, aconselho!!
Há por aí fãs de Saramago?

Há por aí gente com insonias?
Façam exercício físico, evitem os líquidos e relaxem antes de se deitarem ao ler umas páginas de um livro...
Não sou só eu que digo isto, facilmente se encontram estas dicas ao pesquisar na Internet:


Dormir bem é muito importante, só temos de educar o nosso sono!
Já agora, uma boa noite para todos :)


Como fechar sacos de batatas fritas sem molas

Experimentei... acho simples e prático.

É muito raro comprarem-se batatas fritas cá em casa.
Na verdade, praticamente só as compro para levar a algum piquenique, 
 Principalmente a pensar nos piqueniques achei este vídeo muito útil.

video

(retirado do Youtube)

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Escapadinha? Destino: Companhia das Lezírias


Experimentei... gostei e repeti!

Se há coisa que eu gosto de fazer são as chamadas escapadinhas.
Um dos meus sítios preferidos, aliás o único que eu já repeti é a  Companhia das Lezírias (aqui), situada em Porto Alto - Samora Correria.

Para escapadinhas de uma noite gosto de viagens curtas. Não gosto de fazer 200 km, ficar uma noite e depois mais 200 km. Por isso este local é o ideal, a 1h de viagem.
Este alojamento  é constituído por doze Bungalows em madeira com duas piscinas ( 1 adultos + 1 crianças)

«Aqui é possível desfrutar duma bela e tranquilizante paisagem moldada pelo Homem, em plena Zona de Protecção Especial do Estuário do Tejo»

«Os bungalows encontram-se no interior da propriedade, rodeados por sobreiros, devidamente integrados no espaço envolvente, onde poderá desfrutar de um ambiente único e de um leque variado de actividades ao ar livre»

Há vários cavalos dentro da herdade:


Cada bungalow equipado com ar-condicionado dispõe de:
 Quarto com twin beds:

       

 Sala com sofá-cama, televisão, mesa de jantar:
      

                                  

Casa de banho (não há fotos)


Cozinha com fogão, frigorífico e loiça (IKEA):

     
 Varanda com mesa e cadeiras:
 (adoramos esta parte!!)


                                      Claro está que não podiam faltar as piscinas.
                                                               Para os crescidos:
       
E para os mais pequenos:
                                                                                  (em 2012 - a 1.ª vez)


(em 2014 - a 2:ª e espero que não a última)

A estadia para duas pessoas inclui roupa de cama, banho e pequeno almoço simples.
O pequeno almoço das 2 vezes que lá fui foi dado na forma de voucher a utilizar numa  boa pastelaria das proximidades.
A cama extra tem o valor de 10,00€/noite, para crianças com idade compreendida entre os 5 e os 11 anos, inclusive, e de 20,00€/noite para pessoas com idade acima dos 11 anos.

Os preços variam entre 40€ e 60€ conforme a época.

Eu não sou nada de repetir locais, mas este é uma excepção. 
É optimo para quem tem crianças. 
Os meus pequenos estão sempre a pedir para voltar, têm boas recordações!!

P.S. Da 1.ª vez que fui, a saída era um domingo e o check-out foi às horas que eu quis. Quantos sítios que apesar de não terem ninguém a chegar obrigam à saída 12h/14h? Este pequeno gesto fez-me gostar mais ainda do local e das pessoas!!



Dragon Ball 18 anos depois


Experimentem... ler esta notícia


Apesar de haver quase 12 anos de diferença entre nós as três, víamos juntas esta série!!

Mais alguém via Dragon Ball?




Lembro-me de já andar na Universidade e de nos intervalos das aulas,  ir com um grupo de colegas a casa ver um episódio,  voltando depois para as aulas.
 Sim, na altura não havia gravações automáticas e os vídeos eram uma miragem.

Será que vou voltar a ver esta série, desta vez com os meus filhos?

(Assim de repente parece-me impossível...mas às vezes acontecem umas coisas estranhas!!)

terça-feira, 28 de abril de 2015

Orquídeas


Experimentei... comprar mais 2 orquídeas para acrescentar à já minha vasta colecção

E as novas aquisições são:

Estão a 5€ Continente.
(quer dizer, no sábado estavam!!! Imagino que estejam pelo menos até ao dia da Mãe)

Há mais fãs de orquídeas desse lado?

Pepe Jeans Spring/Summer 2015

Experimentei e...

Depois de uma mudança do meu horário de trabalho desde janeiro, o meu tempo para ver lojas e ir às compras tem andado reduzido!!!

Além disso, ando também em poupanças para a minha próxima viagem... 
Já no post Dicas de viagem para o México disse que em breve iria conhecer mais uma das novas maravilhas do Mundo.

Mesmo assim, ontem não resisti a visitar a Pepe Jeans
Já há algumas estações que não compro nada nesta marca, talvez por achar um pouco desportiva relativamente ao meu estilo atual e por começar também a optar por marcas mais baratas, mas também de qualidade... 
Contudo, gostei de várias peças, principalmente os vestidos!!

Vão perceber como sou muito complicada para arranjar roupa!!
(Porque é que sou pequenina???)

É mal de família a dificuldade em arranjar soutiens nas lojas mais económicas, pelo número de costas vs copa do soutien menos comum. 
Por isso, também tenho de recorrer à Dama de Copas de que a São falou num post anterior, para arranjar o meu número correto (28E).

Assim, estes dois vestidos a seguir, apesar de os achar muito bonitos e frescos, para mim têm o problema do soutien visto que nunca me atrevi a comprar um daqueles soutiens adesivos (aquilo funciona mesmo???).

O vestido estampado em tons de cinza e preto seria um bom vestido para usar num jantar, enquanto o vestido floral fresco para um dia quente de verão, mas nem sequer os experimentei, pois já sabia que ia ter esse problema.


Este vestido azul também gostei e experimentei, mas como já é habitual, mesmo o XS ficava-me largo, pelo que a parte rendada do peito me chegava quase ao umbigo, pelo que não me favorecia de todo...



Quanto a este vestido azul escuro de ganga é quase uma cópia de um que comprei lá há 2 ou 3 anos, por isso não experimentei... 


Contudo, a peça de que mais gostei mesmo foram estes calções:
 (são calções, apesar de no site definirem como saia!)

Adorei, adorei, adorei.
Assentam bem, são frescos, gosto do padrão...

Mas são muito caros (75 €!!!!) e neste momento há outras prioridades:



Já sabem onde vou? :D
Não me importava de levar uma destas malas comigo:




Gostaram das peças que partilhei?
Serei a única a quem até os XS ficam grandes?

domingo, 26 de abril de 2015

Geocaching... caça ao tesouro para crescidos

Experimentei e... fiquei com o bichinho

Como já tinha tido dito aqui a minha entidade patronal  está a proporcionar-me formação/workshops sobre estilos de vida saudável.
Um dos workshops foi sobre Geocaching.

Geocaching é um passatempo/jogo/desporto ao ar livre no qual se utiliza um GPS para encontrar uma "geocache" (ou simplesmente "cache").

É uma espécie de caça ao tesouro para gente crescida!

A aventura começa procurando recipientes («caches») inteligentemente escondidos.

Existem milhões de geocaches em todo o mundo:




 à espera de serem encontradas, tal como se mostra no vídeo seguinte:


Uma cache típica é uma pequena caixa (ou tupperware) que contém um livro de registo.

Pesquisando na Wikipédia, vi que existem várias:

Micro-cache: pequena caixa onde quase só cabe o livro de registo - as mais comuns são caixas de rolo fotográfico 35mm.
Multi-cache: necessita de uma visita a um ou mais pontos intermédios para determinar as coordenadas da cache final.
Cache-mistério: necessita que o geocacher resolva um enigma para encontrá-la.
Cache-evento: um encontro de geocachers.
Virtual: local a visitar sem caixas escondidas mas que supostamente deve ter algo bonito ou interessante. A visita terá que ser provada através da revelação de algo que garanta que o geocacher esteve presente.

  
Como Começar?

1.Descarregar a aplicação do Geocachin.com

No meu caso conselharam-ne a descarregar a aplicação C: Geo  para Android (descarregar aqui)

Aqui está um tutorial  em vídeo sobre a mesma:




Existem aplicações equivalentes ao C:Geo para dispositivos Apple - iPhone (aqui)

2. Crie uma conta gratuita

3. Seleccione a geocache que quer procurar,depois navegue para a sua localização

4.Assim que a encontrar, assine o livro de registos e coloque-a exactamente como a encontrou

5. Carregue no botão “Encontrei” na aplicação ou faça o seu registo online

Depois do workshop estava entusiasmada para começar, por isso fiz tudo mal, saí de casa sem a preparação necessária. Uma aventura de geocaching precisa ser minimamente planeada.

Para algumas caches, basta o dispositivo com GPS, mas para outras poderão ser necessários mais recursos.

Por exemplo:

  • Canivete tipo MacGyver ( já precisei utilizar a função alicate);
  • Água (não só para beber, também pode ser necessário para o próprio jogo);
  • Caneta e bloco;
  • Alguma coisa para deixar na cache, caso queira retirar alguma coisa da mesma.

 Outras sugestões:

  • Um amigo ou vários (tem mais piada!!);
  • Calçado próprio para caminhadas;
  • Lanterna;
  • Protector solar:
  • Bateria adicional para o GPS;
  •  Maquina fotográfica ou de filmar;
  • Alguma comida.

E por aí, algum viciado?


sábado, 25 de abril de 2015

Festival Internacional do Chocolate - Óbidos


Experimentei... visitar o Festival  Internacional do Chocolate - Óbidos.

Mas, já lá vão uns 5 anos.
Junto com o bilhete ofereceram-me um kitkat.


Esta feira está a decorrer até dia 3 de maio em Óbidos e é uma prova de fogo para os mais gulosos. 

«Durante alguns dias as ruas desta bela vila medieval transformam-se.
Parecem-se verdadeiras montras de bolos e bombons».

O problema é não poder comprar tudo!!

«Para os mais pequenos, a “Casa de Chocolate das Crianças” oferece atividades lúdicas e pedagógicas e uma cozinha para prepararem algumas receitas. Os adultos podem frequentar cursos de culinária em que o chocolate é sempre o ingrediente-base, assistir a concursos para profissionais de pastelaria como o “Chocolatier do Ano” e o “Concurso internacional das Receitas de Chocolate”, e apreciar as esculturas de chocolate, verdadeiras obras de arte.»

Espreitem aqui as esculturas em chocolate:


Programa aqui.

Deve ter-se em conta é que é um evento ao ar livre e por isso aconselhável o uso de agasalhos. A vila medieval está situada numa zona muito ventosa.
Por preguiça de levar casaco, já passei em Óbidos alguns maus bocados!
 E calçado confortável, sempre!!
O piso é muito irregular, de difícil acesso para pessoas com mobilidade reduzida, cadeiras de rodas e carrinhos de bebé.

Na minha opinião as quintas e sextas-feiras são o melhor dia para visitar este evento, por um lado o preço do bilhete é menor e por outro porque no fim de semana é mais complicado o estacionamento!!! Mesmo existindo grande espaços para o efeito...

Outras informações retiradas da net:

Horário do Festival

Quintas-feiras // 10h00 › 20h00
Sextas-feiras // 10h00 › 22h00
Sábados // 10h00 › 22h00
Domingos // 10h00 › 20h00


PREÇOS

Bilhete Geral (a partir dos 12 anos de idade)

•           Quinta-feira e Sexta-feira - 5,00€
•           Sábado - 7,00€
•           Domingo - 8,00€
•           Feriado - 7,00€

Bilhete Criança (dos 6 aos 11 anos de idade)

•           Quinta-feira e Sexta-feira - 3,00€
•           Sábado - 5,00€
•           Domingo - 5,00€
•           Feriado - 5,00€

E por aí, há gulosos? Já conhecem este festival?

Post editado: A propósito deste festival ver este post do Momentos em cápsulas

Dia da Liberdade

Experimentei e....

Considerando os meus 25 anos, quando nasci já ia longo o tempo da Revolução, mas nunca esqueci o privilégio que é viver depois do 25 de abril.



Na minha terra natal, há todos os anos a Corrida da Liberdade, no dia 25 de abril. 
Quando era mais nova participava muitas vezes, mas já há alguns anos que não o fazia.
Hoje resolvi acordar mais cedo e mesmo quando vi que chovia torrencialmente, não desisti: 
8 km esperavam por mim!
Correr faz-me sentir livre!
Quem gosta de correr, como eu?

Aqui fica o resultado do dia:




E vocês? Viveram o 25 de abril de 1974?
O que estavam a fazer nesse dia?


E nunca se esqueçam: 
A liberdade nunca pode ser tomada por garantida. Cada geração tem de salvaguardá-la e ampliá-la. Os vossos pais e antepassados sacrificaram muito para que pudésseis ter liberdade sem sofrer o que eles sofreram. Usai este direito precioso para assegurar que as trevas do passado nunca voltem. Nelson Mandela

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Dicas de viagem México

Experimentei e... é impossível não gostar!!

Quando era mais nova e me perguntavam "Se pudesses escolher um país, onde ias?", eu respondia "México"; mas essa minha resposta baseava-se numa ideia muito resumida que eu tinha do México...




Curiosamente, foi a minha primeira viagem para fora da Península Ibérica!


E o que há de tão interessante para visitar no México, além das belíssimas praias?
e numa ideia muito resumida que eu tinha do México...





A oferta é muita, mas vou falar apenas daquilo que vi:

Xcaret, é um parque grande, cheio de atrações, animais, praia, mergulho com golfinhos ou tubarões, nadar num rio que passa por cavernas... Passei lá um dia inteiro! 

E no final do dia há um grande espetáculo que encena a vida mexicana, desde a época da civilização Maia, até a atualidade. É um espetáculo muito bonito, em que admiramos aquele povo e tudo o que construíram!





Neste parque gostei principalmente de nadar nas grutas subterrâneas! Para mim isso marcou a diferença! Aí não tinha a máquina fotográfica comigo, por isso a foto que vem a seguir encontrei na Internet... 



 Em Xcaret não consegui ter noção  do que era natural ou o que era "fabricado" (a principal crítica que tinha ouvido antes de fazer esta excursão), mas uma coisa é certa: se foi fabricado, foi muito bem feito!

Chichen Itza foi a capital da civilização Maia e foi considerada uma das

7 Novas Maravilhas do Mundo
É a única das novas maravilhas do mundo que conheço até agora, mas outra vem a caminho!



O ponto que mais chama a atenção é a Pirâmide de Kukulcán, na foto.

Nesta zona está imenso calor e o sol queima imenso, não se esqueçam da garrafa de água, óculos de sol, protetor solar e chapéu!!!




Chichen Ik kil, é um rio subterrâneo com água um pouco fria e com uma grande profundidade (quem quiser usa colete, como eu fiz!!), em Chichen Itza. Experimentem pesquisar imagens deste cenote no google, porque é espetacular!! 

As fotos não transmitem a verdadeira beleza deste lugar! Coloquei uma foto da vista de cima e a paisagem que se tinha enquanto se nadava...


Visita a uma aldeia Maya, era também uma excursão.Todas estas crianças fizeram um espetáculo para nós, com dança e música. Não parecem felizes na foto, não pareciam felizes ao vivo! Possivelmente esta aldeia vive dos espetáculos que faz para os turistas e da disponibilidade que têm para tirar fotos com todos eles... 

Admito que isso me fez imensa confusão...



A região de Tulum e a cidade de Valladolid visitei ao anoitecer, pelo que perdi parte da beleza das suas paisagens.

Ainda assim, adorei as águas quentes da Playa Paraiso, quase sem luz do dia!!




Coco Bongo, aconselho a ir a quem quiser ver uma discoteca com imensos espetáculos durante toda a noite. Deixo um vídeo do youtube, para terem noção :

                      



Coba: Deixo a minha excursão preferida para o fim... 
Na verdade, gostei de todas as excursões mas esta teve um significado especial: o sentimento de liberdade, de dever cumprido, por subir a pirâmide mais alta da Península de Yucatán.

A paisagem lá em cima é divinal!!






Este é o iman que trouxe de recordação e está no frigorífico, sempre com medo que caia ao chão e se parta... Não vá eu ter de voltar para comprar outro!!



A minha viagem ao México não correu a 100% pois o meu telemóvel não funcionava lá, pelo que estava um pouco ansiosa por ter algumas dificuldades para comunicar para Portugal...

Ainda assim, tal como comecei este post, é impossível não gostar de ir ao México! 
Contudo, vim de lá a sentir que não tinha conhecido o verdadeiro México e se não tivesse feito as excursões (bastante dispendiosas, na maioria das vezes cerca de 80-90 dólares, se não me engano), limitava-me ao hotel e à praia do hotel... 

Não me arrependo de ter ido, mas se tivesse de escolher entre ter ido ao México ou conhecer mais países europeus, talvez tivesse alterado a minha escolha, visto que é uma viagem muito cara e cansativa (9h para cada lado!).

Há por aí alguém que já tenha ido ao México?
Espero que gostem,  para mim foi bom recordar esta viagem que fiz há quase 2 anos!


quinta-feira, 23 de abril de 2015

Inquérito

Experimentei... fazer um inquérito.
(podia dar-me para pior!)

Hoje é o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor (fui lembrada pela Vanda Silva)
e por isso experimentei fazer um inquérito a quem quiser responder.
Está aí, ao vosso lado direito!!
Ando numa fase de autores portugueses. 
Tenho lido os livros Júlio de Magalhães que me surpreenderam muito pela positiva.
Aliás o que gostei menos dele foi o mais conhecido.

Este:


De resto, gostei muito de todos:




 Este foi o primeiro que li:




Que autores portugueses sugerem?

Post editado a 28 de abril

E o resultado do inquérito é:



Como dobrar t-shirt em 2 segundos?

Experimentei e... consegui!!

video

Experimentei 1, 2, 3, 4, 5... 
Não sei quantas vezes experimentei, mas o certo é que consegui!!
E é realmente rápido.

P.S. O «truque» é agarrar a t-shirt  no lado mais afastado em relação ao nosso corpo .
( não sei se me fiz entender?!)
Eu estava a fazer ao contrário.




quarta-feira, 22 de abril de 2015

Vestidos de verde...

Experimentei... comemorar o dia da Terra vestida de verde!

Ele parece que agora há dias para tudo!!
Uns mais importantes do que outros.
Hoje comemora-se o Dia da Terra.

(imagem da NASA)

O Dia da Terra é utilizado para lembrar a importância de cuidar do planeta, protegendo a natureza e o ambiente. 
Para marcar o dia, no meu local de trabalho pediram-me para, simbolicamente, levar uma peça de roupa verde!! 

No ano passado com o evento Global Selfie (a NASA reuniu fotos de internautas de todo o mundo para montar um belo «mosaico»:




Este ano a NASA criará um vídeo, reunindo as melhores imagens enviadas com a hashtag #NoPlaceLikeHome. 
Alguém participou?
Quem sabe essa imagem não irá fazer parte no clip oficial da NASA comemorativo do Dia da Terra 2015?!