domingo, 1 de março de 2015

Dia da criança


Porque que todos nós já experimentamos ser crianças...



"O desafio que lhe lanço no Dia da Criança é que pense se enquanto adulto ainda traz consigo as virtudes que tinha quando era criança.
Ser adulto não pressupõe deixar ser criança, apenas tornar-se numa mais experiente e com mais conhecimento. Alguém que guarda as coisas de ser "pequeno" e acrescenta as coisas boas de ser "grande".
É curioso como durante o crescimento tantas vezes se esquece o prazer que era desfrutar coisas simples, sem as complicações dos adultos.
E se neste exercício tivesse que escolher entre as virtudes de criança que podemos e devemos manter em adultos, recomendaria três:
- a curiosidade, que permite que se investigue o mundo, que se cresça e se aprenda com as pessoas que têm vidas diferentes;
- a capacidade de brincar, que é talvez a perda mais frequente para os adultos, porque muitas vezes se desvaloriza a importância de ter prazer na vida;
- a espontaneidade, porque demasiadas vezes se está demasiado preocupado com as aparências e com o julgamento dos outros, o que é uma atitude castradora da essência da pessoa.
Se precisa de desculpas para que a sua criança interior renasça aproveite o dia de hoje, verá que será mais reconfortante dizer-lhe um "olá" do que abandoná-la." Retirado daqui
Nuno C. Sousa (Psicologia, Psicoterapia e Psicanálise) 

Para terminar não podia deixar de partilhar este vídeo delicioso:
video


Nenhum comentário:

Postar um comentário