quarta-feira, 8 de julho de 2015

Sapatilhas de corrida - como escolher

Experimentei e...

Voltei a correr!!

Depois das viagens à China e à Turquia, não foi fácil voltar ao trabalho! Além disso, nos fins-de-semana seguintes fiz os meus primeiros dias de praia, estava mesmo a precisar de descansar (Figueira da Foz e Algarve)...

Entretanto aproveitei para fazer algumas compras de que estava a precisar. A minha prioridade era, sem dúvida, umas sapatilhas de corrida.

Antes de comprar andei a estudar o assunto e que cuidados deveria ter ao comprar as sapatilhas, pois para correr nas melhores condições é fundamental um bom calçado, mas perante tanta oferta de marcas e modelos a decisão não é fácil...

O que devemos ter em conta na compra de umas sapatilhas de corrida?

Em primeiro lugar, as sapatilhas que são boas para o atleta Z podem ser uma opção errada para o atleta Y.

Fatores que determinam as escolhas das sapatilhas:
1. Anatomia do pé (pé plano, pé normal ou pé cavo)
2. Tipo de passada (pronador, neutro, ou supinador)
3. Peso do atleta
4. Piso onde corre (em estrada, em que se deve privilegiar uma boa amortização ou trilhos, em que se dá prioridade à firmeza do pé e sola serrilhadas adaptadas aos obstáculos naturais)
5. Lesões antigas.

Além disso, a melhor altura do dia para comprar as sapatilhas é no fim do dia, em que o pé está mais inchado. 

Comprei umas Nike zoom Pegasus 31, da seção de criança da Sport Zone, que me custaram cerca de 70 euros. Como calço 35-36 servem-me e poupei uns trocos por serem de criança...


Instalei finalmente uma aplicação no telemóvel que registasse os km que corro (optei pela Nike +) e (re)comecei a correr, com mais frequência.

Tenho corrido na Pista de Atletismo Gémeos Castro, em Guimarães. Alguém de Guimarães, por aí?


E preciso, não acham? Este prato de sobremesa no final do jantar que tive na Casa do Gandião, em Fafe, faz-me ter vontade de correr muitos quilómetros!
Não consigo resistir a estas sobremesas...


Aproveitem o bom tempo para fazer exercício físico!
Eu não fazia até há 2 anos atrás, mas desde que comecei a correr, a corrida é o meu melhor calmante, permite-me comer muitos pratos de sobremesa como o que está em cima e ainda me faz dormir noites inteiras em paz!
Contudo, não se esqueçam que é essencial investir num bom soutien de desporto (no caso das senhoras) e num bom calçado, para evitar as lesões!

2 comentários:

  1. Maria não posso correr mas tento caminhar uma hora por dia! Bj

    ResponderExcluir
  2. São giras!! Tens mesmo pé de Cinderela, não tens vergonha?!

    ResponderExcluir